quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Preciso dormir mas não consigo


Preciso dormir mas não consigo
Meus olhos estão secos,
pois, já não cabem milhões de lágrimas
em minha dor.

Preciso dormir mas não consigo
O corpo pesado me faz ter movimentos bruscos.
Qualquer gesto lembra a mim uma vida.
Estou sensível à tudo.

Quando deito, logo me levanto
e vou andar,
mas não sei onde quero chegar.
Acho que estou entrando em loucura.

Preciso dormir mas não consigo.
Não consigo nem falar com meus amigos
ou dar boa noite à jovem senhora na praça.
Me arrepio só de olhar as estranhas feições.

Preciso dormir mas não consigo
Desejo um colo,
algo que aqueça esse vazio, eu imploro!
Será que podem juntar meus estilhaços?

Como pouco,
não danço ou canto.
Estou com sono,
me calo em escassos prantos.

Preciso dormir mas não consigo
Anjo, me acolhe.
Meu corpo está debilitado
precisando ser resgatado.

Preciso dormir mas não consigo
a saudade fica por conta de bons momentos
mas a solidão...Ah! Não aguento.
E é por isso que preciso dormir, mas não consigo.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Afro Góticos

Eu não entendo essa galera que pensa que existe um padrão para todas as coisas. Assim como não há uma religião para todos os membros da subcultura gótica, também não há etnia para fazer parte da mesma.

Acho muito bom existir góticos desta etnia para mostrar às pessoas como eles estão passando mais rápido pelo preconceito racial e mostrar que também podem ser bastante alternativos. Negros como Chuck Berry e Alan Freed, foram pioneiros do Rock n' Roll e mesmo que não fossem, pra que toda essa conversa?

Não é sua religião, cor, opção sexual ou musical que vai lhe fazer menos ou mais que os outros. Para ter momentos felizes é preciso fazer o que se gosta.
Eis aqui algumas fotos bem alternativas deste povo.








segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Vampiros Reais: A Condessa Sangrenta



Elizabeth Bathory - A condessa sangrenta: Foi a mulher que assassinou mais pessoas na história da humanidade. Acredita-se que, isto foi por conta de seu crescimento em um ambiente onde havia muitas atrocidades, afinal, o território em que vivia fazia parte das batalhas entre Turquia e Áustria  Elizabeth, inclusive viu suas irmãs sendo violentadas e mortas em um ataque ao castelo de sua família.

Casada em maio de 1575, seu marido, uma cruel oficial do exército, ensinava-lhe formas de torturas que eram aplicadas em seus criados indisciplinados. Mas o oficial não sabia que muitas matanças cometidas eram realizadas por sua amada esposa. Elizabeth acreditava que se tomasse banho com sangue de meninas jovens sacrificadas, impediria que a velhice tomasse conta do seu corpo. Só entre 1604 a 1610, com a ajuda de um grupo de fiéis colaboradores, assassinou 612 meninas adolescentes. Ela
sempre dava um jeito de achar motivos para aplicar torturas ou matar pessoas, além de sentir um enorme prazer de deleitar-se sobre suas vítimas.

Certa vez, num acesso de raiva, chegou a abrir a mandíbula de uma serva até que os cantos da boca se rasgassem. Ganhou a fama de ser Vampira por morder e dilacerar a carne de suas criadas. Há relatos de que numa certa ocasião, uma de suas criadas puxou seu cabelo acidentalmente aos escová-los. Tomada por uma ira incontrolável, Bathory a espancou até a morte. Dessa forma, ao espirrar o sangue em sua mão, se encantou em vê-lo clarear sua pele depois de seco. Daí vem a ideia da Condessa  de se banhar
em sangue para permanecer jovem eternamente. 

Um dia, o conde Gyorsy Thurzo, cercou o castelo de Elizabeth, onde a condessa foi aprisionada  num aposento onde só  havia uma pequena abertura para passagem de ar e comida. Sua morte foi em 21 de agosto de 1614. Até hoje o nome de Bathory é sinônimo de beleza e maldade para os povos de toda Europa.

Aspectos de um Vampiro


Possuem um aspecto muito similar ao nosso, pois um dia já foram humanos, há apenas algumas fortes diferença, dentre elas:


Caninos afiados:
Um traço muito forte dentre os Não Mortos são os grandes e afiados dentes caninos. Tais dentes possuem condutos internos que lhes permitem inocular o veneno do pecado em suas vítimas, matá-las dentro de segundos e sugar todo seu sangue.

Palidez em seu rosto:
A frieza do corpo de um vampiro faz com que sua pele fique pálida e permaneça jovem, assim, se um vampiro não se alimentar de sangue como se deve, sua aparência vai se definhando.

Beleza sobrenatural:

Os Vampiros tem um forte poder de persuasão desde seu olhar até o modo em que se veste. Isso leva a vítima a ceder seu corpo rapidamente a esta criatura.



A luz solar e um Vampiro
Se um vampiro permanecer muitos segundos na luz solar, seu corpo se converte em cinzas e ela não mais pode sobreviver. Até os seres imortais tem um fim. O horror a luz solar é explicado na postagem "O que é um vampiro?".

Sobre caixões e cemitérios
Quando não há algum castelo abandonado por perto, eles optam por descansar em mausoléus enquanto a luz solar reina no mundo, pois sabem que ninguém irá abrir um caixão a não ser que esteja procurando um Vampiro.

Nem sempre uma vítima vira um Não Vivo
Há várias situações que ocorrem após um humano ser atacado por Vampiro, dentro ela temos:
Permanência humana - Quando um Vampiro ataca rapidamente e não há tempo de deixar seu veneno no sangue da vítima.
Morte instantânea - Quando um Vampiro ataca, deixa seu veneno no sangue da vítima, o que a deixa paralisada, então ele suga todo o sangue de seu corpo.
Transformação - O Vampiro injeta seu veneno e suga apenas uma parte do sangue da vítima, após isso, o Vampiro faz com que a vítima beba seu sangue e é nesse momento que começará o nascimento de um novo Não Vivo no mundo.

O jeito que ocorre a transforação de um Humano para Vampiro
A vítima sentirá uma angústia como nunca sentiu antes. Essa sensação é provocada pelo fato de o veneno vampírico está percorrendo pelo seu corpo. Após isso, o veneno vai alterando a composição do sangue, o que produz a palidez espectral.
Nada mais doloroso do que sentir com maior percepção de cheiros, cores e sons a sua volta, tendo que controlar ao máximo o qual se deseja ouvir. Isso é um tormento, não? Em algum momento o novo Não Vivo terá de se acostumar com isso. Além de tudo isso, ganham uma capacidade mental em que pode perceber rapidamente os gestos de outras pessoas, além de grande rapidez e força. O ultimo estágio é a sede insaciável por sangue, mas isso também, o tempo ensina a controlar, afinal, ele terá muitos e muitos anos para aprender.

O que é um Ghoul?


O Ghoul é um ser criado pelos Vampiros para servi-los e cuidar de sua casa durante o dia.

Como nasce um Ghoul:
O Vampiro morde um humano, extrai quase todo seu sangue e, quando praticamente não resta nada de vida, ele oferece-lhe seu braço e o obriga a beber três vezes seu sangue, transformando-o, então, em Ghoul.

O Ghoul tem a aparência de um humano normal, mas diferencia-se pela palidez quase espectral em seu rosto.

Durante toda sua vida, o Ghoul mantém um forte vínculo de sangue com seu criador, a quem deve lealdade. Só duas coisas podem libertá-lo de sua condenação: ficar mais de um ano sem beber o sangue daquele que o criou ou alguém matar seu dono.
Da mesma forma que um Vampiro, o Ghoul precisa beber sangue para viver, mas enquanto o Vampiro se alimenta do sangue dos vivos, o ghoul prefere uma coisa que pode deixar um Vampiro fraco: a carne fresca de um morto. Se ficar mais de um mês sem experimentar sangue, o ghoul entra em um estado muito parecido com a loucura, isso é bem notável no filme Drácula de Bram Stoker.

O que é um vampiro?


Vampiro: Do francês Vampire, do alemão Vampir, do eslavo Wampir, formado por Wam(Bebedor) e Pir(Demônio). 

Talvez a origem de suas lendas sejam baseadas no antigo mito de que através do beijo seria possível apoderar-se da alma de uma pessoa. Vampiro é um demônio que por algum motivo foram condenados a vivência eterna na terra e se alimentam do sangue de suas vítimas durante a noite.

A ideia de beber sangue surgiu quando o homem descobriu que o sangue era fonte de vitalidade. A crença em vampiros surgiu há muito tempo atrás e existem lugares que ela vive até hoje. O vampiro recebe vários nomes a depender da região que você esteja. 

Santo Agostinho escreveu que esses demônios tinham imortalidade corporal uma busca de paixões como seres humanos, mas não podiam produzir sêmen. Em vez disso, eles juntavam sêmens dos corpos de homens reais e os injetavam em mulheres adormecidas para engravidá-las. Assim eles se voltam para os humanos para usar seus órgãos e poder obter o que querem.

Na Grécia, Alguns dizem ser pessoas que houvessem cometido graves crimes ou alguém que houvesse morrido por suicídio, após serem enterradas, tinham seus corpos amaldiçoados por Deus e se transformavam em algo maligno para vagar na terra, o que chamavam de Vrykolakas. Em outros lugares, como a Bulgária, alguns dizem que são cadáveres cujo um gato pulou em cima em seu velório por falta de cuidados. 
Na Romênia, acreditava-se que a pessoa que nascia com a cabeça envolvida na membrana placentária ou que fosse o 12º filho cujo os mais velhos fossem todos homens podiam se transformar em uma criatura maligna.



Vamos tentar chegar a raízes mais antigas:

Em antigas civilizações haviam histórias sobre Lilith. De acordo com a lenda hebraica, Lilith teria sido formada  assim como o homem à partir do barro, logo após a formação deste. Por esse motivo ela não teria aceitado uma posição inferior em relação ao homem, pois sendo criada da mesma forma, exigia os mesmos direitos. 
No primeiro ato sexual Lilith não aceitou ficar por baixo, aguentando o peso do corpo do companheiro e exigiu ter  também o direito do prazer sexual. Como não foi atendida em seus anseios ela se revolta e pronuncia o nome "inefável" que lhe deu asas por meio das quais fugiu do Jardim do Éden. Assim Lilith abandonou Adão com quem não se entendia e foi para as margens do Mar Vermelho. Adão ficou só e reclamando, tendo medo da escuridão opressora. Daí haver uma relação entre Lilith e a Lua Negra.
Deus vendo o desespero de Adão enviou três anjos para trazer Lilith de volta ao Jardim, mas ela recusou tal proposta. Dessa forma, sua fuga transformou-se em expulsão, e após essa, Deus criou Eva para substituir a antiga mulher de Adão.

Lá às margens do Mar Vermelho habitavam os demônios e espíritos malignos, segundo a tradição hebraica, esse era um lugar maldito, o que prova que Lilith se afirmou como um demônio. (theworldanditslegends)

Lilith também foi castigada por ter enganado Eva, dando, em forma de serpente, o fruto proibido a mesma. Então deus também a condenou a vagar somente pela escuridão e a beber sangue de animais.
A partir daí, a humanidade que nasceria de Adão e Eva estavam condenados a também sofrer por e aos ataques de Lilith primeiro filho de Adão e Eva, Caim, foi por muito tempo amante de Lilith, mas a sua malignidade influenciou tanto o jovem  Caim que este foi induzido a matar seu próprio irmão Abel e de Caim e Lilith nasceram outros seres malignos que passaram  a se  alimentar de sangue humano e sair ao firmamento da Lua, por isso também, os vampiros não podem ser expostos a luz do Sol. Lilith permanece viva, levando homens ao pecado e oferecendo-lhes seu sangue venenoso da imortalidade. E é assim que descobrimos, segundo essa tradição bem antiga, como surgiram os demônios sugadores de sangue.
Infelizmente não consegui achar tradições mais antigas, se alguém souber, pode escrever nos comentários do blog.





domingo, 29 de setembro de 2013

Resultado do Cidadão D. Convida.


21:00 - Os testes de som ainda ocorriam e Egberto mostrava-se preocupado, pois no local só haviam alguns amigos. Depois de 15 minutos a preocupação pôde ser menos, pois o número de pessoas começou a aumentar num bom ritmo.
As 22:00, a banda Canalhas Rock de Feira de Santana entrou em cena, e na sua terceira música, Jack Flash, levou a galera ao agito.



Não demorou muito para que o local ficasse cheio quando a banda Declinium, que estava fazendo sua pseudo-turnê em várias cidades na Bahia, estava se preparando para entrar no palco. A primeira música a ser tocada foi "Menina", seguida por Sombras e  Luzes, que ao meu entender, contava uma história de romance em um começo lento e fim agitado.




Finalizando o show da Declinium e após um pequeno intervalo, começa a apresentação da banda Toy Destroyers, que com seu ritmo agitado e variação de vocais normativos à screamos, não deixou ninguém ficar parado e ao fim de cada música, o público pedia mais. Eles atenderam a vontade dos presentes ali e tocaram a saideira.


Depois de tanta espera, os garotos da Cidadão Dissidente começaram a se organizar no palco e fizeram os testes para ajustar o som com a música "Que país é esse?". Após isso, o vocalista Egberto Insano deu as saudações com um boa noite e pedidos de agradecimento a todos que estavam no evento.

O local nem parecia o mesmo! Muita gente apareceu e já começaram a cantar junto a banda a música "Anjo atormentado" do CD Antigas Novidades e Novidades Antigas.

Confira a galeria de fotos completa no FEIRA ALTERNATIVA e aguardem os vídeos.


Na terceira música, chamada "Entorpeço-me", que relata o prazer que se é sentido a estar com uma pessoa que gosta, o público também não ficou de boca fechada. Após isso, foi tocada "No silêncio da noite" e então ninguém quis mais sentar. Estava muito lindo e assim o show seguiu com a Cidadão Dissidente e outras bandas até as quatro da manhã.



A alegria estampada no rosto dos integrantes das bandas e do público demorará para ser esquecida.

Em breve aqui no Alba Lupus e no feira alternativa, vídeos da entrevista com Insano e com Chinaski, além de vídeos do evento.
Ótima Semana! 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Canção Elegíaca





Quando os teus olhos fecharem
Para o esplendor deste mundo,
Num chão de cinza e fadigas
Hei de ficar de joelhos;
Quando os teus olhos fecharem
Hão de murchar as espigas,
Hão de cegar os espelhos.

Quando os teus olhos fecharem
E as tuas mãos repousarem
No peito frio e deserto,
Hão de morrer as cantigas;
Irá ficar desde e sempre
Entre ilusões inimigas,
Meu coração descoberto.

Ondas do mar - traiçoeiras -
A mim virão, de tão mansas,
Lamber os dedos da mão;
Serenas e comovidas
As águas regressarão
Ao seio das cordilheiras;
Quando os teus olhos fecharem
Hão de sofrer ternamente
Todas as coisas vencidas,
Profundas e prisioneiras;
Hão de cansar as distâncias,
Hão de fugir as bandeiras.

Sopro da vida sem margens,
Fase de impulsos extremos,
O teu hálito irá indo,
Longe e além reproduzindo
Como um vento que passasse
Em paisagens que não vemos;
Nas paisagens dos pintores
Comovendo os girassóis
Perturbando os crisantemos.

O teu ventre será terra
Erma, dormente e tranquila
De savana e de paul;
Tua nudez será fonte,
Cingida de aurora verde,
A cantar saudade pura
De abril, de sonho, de azul,
Fechados no anoitecer.


~Joaquim de Cardozo~

domingo, 1 de setembro de 2013

Modus Operandi - Banda



Gótica, Psicodélica, Industrial... Muitos são os adjetivos para descreve-la. Modus Operandi é a materialização das desgraças adoráveis!

Em 1996, a banda foi formada por David (contrabaixo, vocais), Igor (percussão metálica), Rodrigo e Rubem (guitarras), além de Veimar (bateria), a Modus Operandi sempre esteve voltada à fusão de estilos musicais até então inexplorados em Salvador como o Pós Punk e o Industrial.
No ano de 1998, a Modus Operandi passa a se apresentar como convidada em diversos eventos na Bahia e em outros estados

Em 2000, a banda abandona de vez a configuração básica de uma banda de rock tradicional e parte para um som mais experimental, que após várias trocas de formação terminou por estabilizar-se com o vocalista David assumindo o sintetizador, Henrique “Letárgico” (contrabaixo), Marcos (sucatas e outros efeitos) e Eduardo (bateria). Abolindo o uso da guitarra e substituindo-a pela furadeira, utilizando-se de um contrabaixo “mutante” graças ao uso de distorção e efeitos, mesclando influências vindas de artistas como: Einstuerzende Neubauten, Cabaret Voltaire, Bauhaus, The Fall, The Young Gods, etc; e também de bandas nacionais como: Kafka, Vzyadoq Moe, Smack, Treblinka, Meio Homem, etc.

Em 2003, a Modus Operandi recebeu o prêmio de “Melhor Arranjo” e menção especial pela letra da música “Acid Ent” no Festival de Música do Teatro do SESI - Rio Vermelho. No ano seguinte, obteve a premiação do primeiro lugar no Festival de Música dos Correios, com a música “Visões”. 
Em 2008, a banda é convidada a participar do maior evento Gótico do Brasil, o Woodgothic Festival. Neste, a Modus Operandi é reconhecida a  Banda Revelação pelo público, retornando ao festival na segunda edição(2010), onde também tocaram junto as bandas Plastique Noir, Orquídeas Francesas, entre outras, no Darktronic Live, o maior festival gótico do nordeste.


Alguns álbuns da banda:

INTRODUÇÃO (Cassete - 1998)
RADIO-GRAPHIA (CD - 2000)
H...ESTÉREO... (CD – 2008)
SCHATTEN DER VERGANGENHEIT COMPILATION (2010)
DE PROFUNDIS – BRAZILIAN POST PUNK COMPILATION (2011)

Alguns eventos que a banda participou:

OH,SAD DAY! (2003)
BELA LUGOSI`S FEST II (2004)
1° NORDESTE GOTHIC REUNION (2007)
WOODGOTHIC FESTIVAL (2008)
DARKTRONIC LIVE (2010)


Confira um vídeo da Modus Operandi!



domingo, 11 de agosto de 2013

Post Mortem


O Post Mortem teve sua origem na Inglaterra, quando a Rainha Vitoria pediu que fotografassem um cadáver de uma pessoa conhecida, ou um parente, para que ela guardasse como recordação. 

Durante o século XIX, o ato de fotografar os falecidos era comum, mas atualmente parece algo "mórbido" e sem sentido.



Fotografias naquela época era um grande luxo, devido ao elevado preço para produzi-las e também devido à pouca quantidade de câmeras fotográficas e profissionais disponíveis.

A fotografia "Post Mortem" em si era algo bem caro, e funcionava como última homenagem aos falecidos. No ato de fotografar a pessoa que morreu à pouco tempo, estando o corpo em estado "fresco", eram criados verdadeiros cenários elaborados com composições muitas vezes complexas de estúdio para fazer os álbuns dos mortos, e assim tornar a morte menos dolorosa.



Curta a página do Alba Lupus no Facebook: Subcultura Gótica-Alba Lupus.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Como Será? - Zigurate


Como será, nascer, viver e morrer no mesmo lugar?
Sob o sol escaldante à noite,ao luar
Sobreviver à tempestades e o frio suportar
E na primavera com suas cores e formas tão belas
o mundo salvar. Como será?

Como será que deve ser
pra eu me fazer entender
que sofrer é aprender?

Como será se continuarmos a lhe sangrar?
Interrompendo o ciclo da vida
até não poder suportar mais.
Então você não vai mais suportar
e vai me odiar por não te amar.

Como será que deve ser
pra eu me fazer entender
que sofrer é aprender?




Cidadão Dissidente Convida...

Cidadão Dissidente Convida, será um show que acontecerá dia 06 de setembro na região de Feira de Santana e marcará a comemoração do sétimo aniversário da banda Cidadão Dissidente.


O evento contará com a presença das bandas convidadas:
Declinium(Camaçari/BA): Banda que tem um som ligado ao post punk nacional dos anos anos 80.
Toy Destroyers(Salvador/BA): Banda que mescla um trabalho alternativo com metal moderno.
Riverman(Camaçari/BA):Banda com um som ligado ao Rock de garagem anos 90.



E as feirenses:
 Canalhas rock  - Basic Rock
Violencia suburbana  - Punk Rock
Papo reto - CBJr Cover


Informações básicas:
Dia: 06 de setembro
Local: Boate OffSina Music Lounge
Preço: R$ 10,00
Horário: 19:oo

terça-feira, 23 de julho de 2013

Definhando



Dia frio... Estou observando cada segundo como se fosse o ultimo. Minha cabeça, meus pés, meus olhos e minhas costelas doem.
Tudo em mim parece ferido, enquanto tudo ao meu redor parece nunca ter sido vivenciado. Minhas unhas ficam cada vez mais fragilizadas e enquanto minha respiração vai se esvaecendo, minha voz vai caindo.
Só tenho pensamentos.

Eu hoje queria viver intensamente, amar e sorrir. Correr e pular. Sentir o abraço quente de alguém... Mas o que tenho agora é o peso do mundo dentro dessa enxaqueca infernal.
A porta do meu quarto está rangendo, pois o vento a está movimentando. Meus cães choram através de uivos, enquanto meu pobre gato preto, vendo meu lento fim, fica com seus pobres olhos amarelos esbugalhados.

Como se eu houvesse brigado com um lobo faminto, milhões de marcas aparecem em mim. Os arranhões nas pernas e no pescoço estão profundamente visíveis.
Na noite anterior consegui dormir. Estava parecendo a ultima antes de eu partir para sempre.

Há sangue saindo de minha garganta e molhando meus lábios trêmulos. No meu ouvido, consigo ouvir apenas um zumbido distante. Estou sentindo as batidas de meu coração frearem com calma, é agonizante, mas elas freiam assim, para que meu corpo não se dilacere.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Como foi o Rock para gente grande

Quando eu cheguei, rolava um aquecimento com o Mother's Milk e ainda não tinha muita gente no evento. Após o fim desta apresentação, houve uma dinâmica onde, quem cantasse um trecho de um dos clássicos do rock n' roll ganharia uma camiseta do Misfits.



Logo após este show, a banda DiaBeth já estava se preparando para subir no palco. Bem eufórica e comunicativa, a vocalista Leinne foi uma ótima referência para a banda. A variação de ritmo foi muito boa e não deixou quieta as pernas que lá estavam presentes.


A atitude do Manfredy de mostrar suas opiniões através de batidas agitadas deixou o público de cabelos para o ar. Houve alguns problemas técnicos com o som quando a Violência Suburbana estava tocando, mas nada que tenha demorado a ser resolvido. A galera esperou até que tudo voltasse ao normal e logo todos estavam agitados novamente. E como isso não ser bom?


O evento já contava com mais de cem pessoas, quando o Agressivos, uma das bandas mais esperadas na noite subiu ao palco. O som fez com que 80% das pessoas não ficassem paradas. Mesmo no chão escorregadio, não faltou pique para uma roda de "mosh".



Depois de algum tempo, aconteceu algo muito inusitado, Behavior, uma banda de Death Metal, que estava na Convenção de Tatuagem, apareceu para tocar no evento. Tudo isso e mais um pouco fez com que parecesse que o clima não estava frio. 
A noite foi totalmente calorosa.


~Behavior no Palco Rock~

Novidade: A peso morto produções irá realizar outros eventos e Rock para gente grande todo ano para comemorar o Dia Mundial do Rock.

Confira as outras fotos clicando em: Galeria - Rock pra gente grande



Obrigada a todos que compareceram ao Evento, fazendo o 13 de julho ficar mais agitado!


Galeria - Rock para gente grande!























quinta-feira, 4 de julho de 2013

Rock Para Gente Grande - FSA


Para comemorar o Dia Mundial do Rock e revitalizar o Movimento Underground, a Peso Morto Produções,
junto a Back to the classics Produções, organizou um evento que contará com bandas que já possuem um 
certo reconhecimento no cenário baiano.


Dia 13 de julho, na Casa de Chá ocorrerá o evento Rock para gente grande, que contará com a presença das bandas:

Eutimia - Grunge
Agressivos - Hardcore (Salvador)
Motim 13 - Punk Hardcore (Pojuca)
Cbrownlianos Cover de CBJR (Feira de Santana), 
Mother's Milk - Cover de RHCP (Feira de Santana) 
Violência Suburbana - Punk Hardcore (Feira de Santana). 
Back to the classic - Cover dos clássicos de Hard rock (Feira de Santana)
DiaBeth - Rock Alternativo com vocal feminino e influências de Horror Punk (Feira de Santana)
Gaiola de Vidro - Rock Alternativo com influencia do Rock nacional anos 80 e 90 (Feira de Santana)


Será um preço bem pago, pois o local tem espaço próprio para formaturas e shows.
Além de uma hora acompanhando cada banda, que tocarão em ordem surpresa, haverá dinamicas com o público e 
sorteio de brindes. O evento ainda contará com a participação do Stand da loja All Tribes, onde serão encontrados acessórios de 
rock n' roll e skateboarding.




Informações:

Dia: 13/07/2013
Inicio do evento: 16hs
Valor da entrada: R$10,00
Local: Casa de Chá (Localizada próxima ao Colégio Intelecto na Avenida Senhor dos Passos - Centro)

Contamos com a presença de todos que querem curtir o som e ajudar na divulgação do Cenário Rock n' roll baiano.
Levem suas máquinas, celulares e mentes tranquilas. Bom evento!!!

*Postarei fotos em breve.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Tight lacing


Saudações leitor, já tem um certo tempo que não faço uma postagem no Alba Lupus, pois bem, venho dizer que  estou com ótimas ideias para escrever. Hoje deixarei aqui um assunto que interessa muita gente, especialmente as mulheres. Boa leitura!

Tight Lacing (Laço apertado) é o ato de usar um corset por muito tempo com o objetivo de reduzir a cintura. Há gente que ainda duvida deste ato, mas eu digo, é possível!

Espartilho ou Corset é uma peça do vestuário feminino que dispõe de barbatanas metálicas e amarração nas costas. Essa peça tem como objetivo reduzir a cintura e manter o tronco reto e o corpo elegante.
Até á pouco tempo eram considerados como opressores da mulher por também ser sexy e ser usado em conjunto com o cinto de ligas. Continue lendo sobre Espartilhos/Corsets em: Alba Lupus: Corsets



Ter a cintura fina é o desejo de muitas mulheres. Desde a idade média, foi afirmado que usar corset sobre a cintura de 16 a 24 horas por dia acaba por curvar gradualmente as costelas inferiores, fazendo que com o tempo a alteração acabe sendo definitiva.
O corset tornou-se assim um produto apetecível pela moda e assumiu aquilo que provavelmente sempre foi: um dos vestuários mais fetichistas alguma vez criados.

Um exemplo que a técnica do Laço Apertado funciona bem é a Cathie Jung. Ela tem lá sua idade mas está super enxuta e é a mulher com uma das cinturas mais finas do mundo!


Geralmente um bom corset varia de R$ 350,00 a R$ 2.000,00 e se você quiser praticar TL ou mesmo deixar suas vestes com um charme a mais, seja bastante atenta na ora de comprar sua peça, pois há gente que fabrica as mesmas com barbatanas de ferro ou plástico e estas entortam ao decorrer do tempo. Por isso é sempre bom não entrar em qualquer loja e sempre procurar um profissional.

Há uma mulher, além da Miss Mosh (Primeira foto) que eu admiro muito por sua sensibilidade, atitude e beleza, que também tem uma cintura muito linda. É a modelo, atriz e atriz Burlesca: Dita Von Teese.


Atenção:

 * O corset para Tight lacing deve ser feito sob medida. Não deve ser muito curto na parte inferior para não ter o risco de aparecer aquela gordurinha abdominal e, quando fechado, deve ter um diâmetro de 10cm inferior a sua cintura. Lembre-se também de que, ele não deve ser alto de mais na parte superior para não causar incomodo quando sentar. 

* Se você deseja a redução de sua cintura em 75%,  você terá que usar o corset por 3 meses, pois, a cada semana ele pode reduzir aproximadamente 2% dela.
O modelo mais indicado para um uso diário é o Corset Underbust, aquele em estilo vitoriano, pois é confortável e não dificulta a movimentação.

* No começo pode parecer desconfortável, mas é importante lembrar, que para praticar o Tight lacing, deve-se ter determinação.  Como já foi dito, a peça deve ter um diâmetro de 10cm inferior a sua cintura, isso levará você a sentir  um pouco do sufoco daquela cena clássica dos filmes, onde muitas mulheres falam ofegando. Risos. Após alguns dias de uso você já sentirá um certo conforto e continuar com a técnica.

* Quando o corset parecer frouxo, mesmo amarrado ao máximo, significa que está na hora de trocá-lo, sempre comprando a peça com 10cm inferior a sua cintura. Então, você vai trocando até chegar a cinturinha desejada.

Modelo: Overbust
*Para a efetiva redução da cintura com modificação da localização de órgãos internos e reacomodação das costelas, o corset deve ser bem reforçado, ter barbatanas de aço e ilhoses bem próximos."

* Use um tubinho de algodão com um pouco de lycra chamado liner e uma cor próxima a da sua pele para proteger-la do corset. Ele deve ser apertado para não fazer "dobrinhas" no tecido e incomodar.

* É importante ir anotando as medidas de sua cintura com o passar do tempo. Você deve tomar este cuidado para não haver uma decepção depois que completar a técnica.

* Amarrar seu corset em X é mais fácil, pois exige menos esforços e fica mais bonito.

*Lembre-se: Se você tiver algum problema de coluna é bom ir a um médico (geral e ortopedista) antes de fazer o Tight Lacing, pois pode piorar. Se não puder usar um corset, tente outras técnicas de ganhar uma boa cintura, como modificação de alimentação e exercícios físicos.

Modelo: Underbust

Fonte: Tightlacing Blog, Madame Sher.