segunda-feira, 15 de abril de 2013

Catedral da Sé



Construída no período de 1913-1954, projetada pelo alemão Maximiliam Emil e localizada no centro de São Paulo, a atual Catedral da Sé está entre os cinco maiores templos Neogóticos do mundo.
Com todas as suas peças trazidas da Itália, seu estilo foi inspirado nas antigas catedrais europeias.

Após um longo período de deterioração, a catedral foi reformada, ganhando 14  torres e revitalização dos sinos, além de ganhar também, acabamentos que não foram possíveis de ser feitos antigamente. Em 2002, lá estava ela, com as portas abertas novamente!



O que não poderia faltar em uma igreja com marcas da era medieval seria o instrumento tão bem tocado e apreciado por pessoas naqueles momentos:
Fabricado em 1954, o órgão desta catedral tem cinco teclados manuais, 329 comandos, 120 registros e 12 mil tubos, cujas bocas, de forma gótica, apresentam relevos entalhados à mão.



A arquitetura envolve todo um Estilo Gótico: Formato de cruz latina, muitos arcos e uma linda rosácea na entrada principal, porém, foi considerada uma arquitetura Neogótica, pois também há elementos de outros estilos em sua construção.
Suas duas principais torres possuem 92 metros cada e a capacidade de pessoas nesta linda obra é de 8.000. Sem dúvidas, uma enorme e maravilhosa estrutura.


O altar foi feito em mármore Carrara e as imagens em bronze. Sua cripta pode ser considerada uma verdadeira igreja subterrânea. Ali encontram-se trabalhos do escultor Francisco Leopoldo e o mausoléu em bronze do cacique Tibiriçá, chefe dos índios guaianazes, que acolheu os primeiros jesuítas no planalto de Piratininga e, com seu auxílio, possibilitou a fundação da cidade de São Paulo. Também lá estão os túmulos dos bispos da diocese de São Paulo e de Diego Antônio Feijó.



Fontes: 
Wikipédia;
Catedral da Sé.

CLIQUE AQUI E FAÇA UMA VIAGEM PELA CATEDRAL!



Espero que tenham gostado desta postagem. Estarei sempre aguardando e agradecendo sua visita.
Vamp.



Nenhum comentário:

Postar um comentário