quarta-feira, 25 de abril de 2012

O Vulgar e o Sensual

Sensual: Que satisfaz os sentidos.
Vulgar: Que é desprezível.


Saindo um pouco dos temas do blog. Postagem totalmente dedicada às mulheres, mas é claro, os homens podem sim tirar uma casquinha, afinal, os homens podem ajudar suas parceiras e também sabem ser sensuais, podendo criar sua própria média a partir desse pequeno texto que não tem haver com o blog, mas foi uma ideia que eu gostei e decidi postar.


A vulgaridade e a sensualidade não está só presente em roupas, mas também em comportamento. A vulgaridade pode ser interpretada como sensual ao extremo para alguns, mas claro, isso é uma questão de gosto e momento.
Não devemos julgar valores com a opinião da maioria, então vamos ao que interessa.


Para mim, a mulher que seduz com seu "jeito inocente" dentro de vestes perfeitas para seu corpo é muito mais interessante que uma mulher que abusa dos limites. Quando se veste uma roupa na medida certa, é criado um certo mistério em que os homens tende a querer descobrir, não só no corpo da mulher, mas também na sua mente. Isso é sensual.

O jeito de andar, de conversar, enfim, de usar sua expressão corporal de uma maneira limitada também contam.

Mulheres que são atiradas, que olham apenas para garotos ricos, que tem seios grandes e exageram na hora de escolher o decote, não ligam para o tecido e tamanho que deve ser vestido e usam seu corpo como um objeto qualquer apenas para conquistar, é escandalosa, fala palavrões com frequência e indiscretamente, essa sim pode ser chamada de vulgar.


A  mulher sensual  é aquela que tem personalidade e segurança.
A mulher vulgar é aquela que não valoriza a si mesma. Não adianta estar em vestes na medida e seu comportamento ser um lixo.



Para saber mais clique no link: Objeto sexual ou valorização da feminilidade?


Nenhum comentário:

Postar um comentário