segunda-feira, 12 de março de 2012

Biografia - Siouxie



Susan Janet Ballion, nascida em 27 de Maio de 1957 no Bromley, em Londres, é mais conhecida como Siouxsie Sioux. É a vocalista de uma das bandas mais influentes do punk rock/pós-punk/gothic rock, Siouxsie and the Banshees, e de seu projeto paralelo formado com Budgie, a banda The Creatures.


Em meados da década de 1970, Siouxsie Sioux pertenceu ao Bromley Contingent, um grupo de jovens fãs do Sex Pistols. 
Ela é a mais nova entre três irmãos e nasceu no Guy's Hospital no Sul de Londres. Estudou na Mottingham Secondary Modern School for Girls, em Kent.
Sua mãe foi uma secretária bilingüe, e seu pai um técnico de laboratório.


Quando Sioux tinha 14 anos, seu pai faleceu devido complicações com o alcoolismo. Aos 15 anos, sofreu de colite ulcerosa, uma experiência que mais tarde ela descreveu como "surreal" e declararia mais adiante que "isso desromantizou completamente o corpo para ela."


Durante a sua adolescência, ela começou a se aprofundar em músicas de gente como David Bowie, Lou Reed, T Rex e The Stooges. Começou também freqüentar os clubes e boates londrinas nesta época. Ela se tornou bastante conhecida no cenário punk de Londres devido ao seu chocante jeito de se vestir, que incorporava camisetas com imagens sexuais e palavrões, correntes e acessórios sadomasoquistas, bem como um novo estilo de maquiagem com destaque ao uso de lápis delineador preto nos olhos, o que acabaria se tornando base tanto para a moda gótica quanto para o estilo punk.


Além disso, ela trabalhou por um tempo como modelo vivo da vitrine da loja de Vivienne Westwood (famosa estilista punk).
A primeira aparição de Sioux foi com Siouxsie & The Banshees, numa apresentação no "Punk Rock Festival" realizado no 100 Club's - duas noites no mês de Setembro de 1976 - organizado por Malcolm McLaren.


Kaleidoscope, iniciou a fase gótica da banda e fez de Siouxsie a Rainha dos góticos. Esse álbum contou com a participação de Steve Jones do Sex Pistols nas faixas ´Paradise Place´ e ´Skin´. Sintetizadores também foram utilizados e muito bem na ´Red Light´. ´Happy House´ e ´Christine´ fizeram muito sucesso e conquistaram mais fãs que não ligaram para as críticas das publicações inglesas que chegaram a classificar o álbum como inaudível.


Mc saiu da banda por causa de desentendimentos com Siouxsie, após o lançamento de A Kiss In The Dreamhouse, em 82. Foi substituído temporariamente por Robert Smith, do Cure. A voz de Siouxsie soa mais suave neste álbum, pois por recomendações médicas ela teve que maneirar para não perder a voz de vez e ter de ficar sem cantar pro resto da vida.Robert Smith participou da turnê de 83, dando resultado ao álbum duplo ao vivo Nocturne. Em 83, Siouxsie e Budgie formaram o Creatures e lançaram o LP Feast. Nesse mesmo ano, Steven Severin se uniu a Robert Smith na dupla Glove. 


Em Tinderbox lançado em 86, a banda assume uma nova formação, com John Carrythers na guitarra, e que traz talvez seu maior hit ´Cities In Dust´. Mais Siouxsie não tem boas lembranças dessa época, pois durante a turnê em 85, ela deslocou o joelho no palco, machucou um nervo nas costas e brigava freqüentemente com Budgie por motivos de ciúme, chegando a chutar uma janela de vidro.Mesmo assim, a banda fez uma participação no filme Out Of Bounds – Chuva De Chumbo, cantando ´Cities In Dust´. Também em 86, foi o ano da turnê em terras brasileira.


Em 91 foi lançado o álbum Superstition, que chegou a entrar na Bilboard e causou controvérsia entre os fãs, uns amaram enquanto outros odiaram. Nesse ano a banda apresentou-se na primeira edição do Lollapalooza e foram muito bem recebidos pelo público, já que eram os únicos ingleses do festival. Em 25 de maio deste ano, Siouxsie e Budgie se tornaram marido e mulher.


Twice Upon A Time – The Singles foi a segunda coletânea da banda, e traz a música ´Face To Face´, feita para a trilha sonora de Batman Returns, além do lados B ´Fireworks´ e um remix de ´Fear (Of The Unknown)´.


O último álbum viria em 95, o épico The Rapture. Um álbum triste e nostálgico, com melodias bastante variadas e que contou com a produção de John Cale. Nas últimas turnês da banda houve ainda uma mudança – saiu Jonh Klein e entrou Knox Chandler ex Psychedelic Furs. Eles ainda vieram novamente ao Brasil, repetindo o sucesso da primeira vez. Em abril de 1996, Siouxsie resolveu desfazer a banda, curiosamente após o Sex Pistols anunciarem a sua volta. Siouxsie era a tiete-mor dos Sex Pistols e hoje é a eterna sacerdotisa do rock gótico. Susan Ballion já tem um lugar garantido na história do rock, afinal é raro o artista com o carisma e a identidade visual de Siouxsie Sioux. A voz forte, o olhar marcante e ausência de sorrisos completam a diva louca.


Hoje Siouxsie segue com seu marido Budgie no The Creatures, que anteriormente era apenas um projeto paralelo. Em 2004 boatos davam conta que a banda iria retornar para alguns shows, mas não passou de conversa entre fãs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário