terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Fazendo o que desejastes

Você já pensou na possibilidade de alguém próximo falar coisas inexistentes de você à outras pessoas e ai você começar a fazer tudo o que aquela pessoa fala? Pois é, estou passando "meio que" por isso, as vezes temos que mudar certas atitudes para alguns, para que eles possam perceber o que realmente somos e o nosso verdadeiro valor.
"Já encontramos nosso lugar, mas, quando as pessoas não nos tratam como uma aberração demoníaca, nos tratam como um nada, e por que?
Porque somos apenas diferentes e porque o conhecimento não é conhecido, mas sozinhos ou unidos, sempre superamos."


Fazendo o que desejastes
Você me apresentou como um fingimento (um nada)
o julgamento sem provas será maior
Tudo que sabe fazer com seu poder sangrento (afundar)
De joelhos, tentamos evitar o mal
porém não somos nós (mentiras)
Uma alma virgem, morta na noite


Alguém consegue viver?
Tente agora.
Alguém acordou?
Veja esta hora


Vamos trocar de lado
dessa vez eu sou o demônio
alimentando as mentiras
Uma alma virgem, morta na noite


Alguém consegue viver?
Tente agora.
Alguém acordou?
Veja esta hora


Suas palavras escureceram meu coração
o silencio poderia ser a melhor opção
ele não diz que sim nem que não
Apenas estou fazendo tudo rápido
apenas cumprindo suas palavras


Alguém consegue viver?
Tente agora.
Alguém acordou?
Veja esta hora

2 comentários: