terça-feira, 11 de outubro de 2011

Mate-me

Mate-me de uma vez por todas
já que esta é sua verdadeira vontade.
Acabe de vez com essa agonia insertante
que nos toma os nervos.
Pronuncie a melodia,
pendure uma corda no meu pescoço
exatamente como dissera.

Mate-me e será condenado
com dores e medos.
Você sabe que minha alma
reconhece todos os seus segredos.

Pense bem no futuro
e se ainda tiver coragem,
mate-me.

2 comentários:

  1. Um ótimno post! guria vc tem uma alma que enxerga além dq as pessoas imaginam...
    que te guiem e tenha um sono tranquilo..
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. O que sentimos vai além do que é real.

    ResponderExcluir