domingo, 21 de agosto de 2011

A mídia destrói a imagem do gótico?

Todos nós somos ignorantes, afinal, ninguém sabe de tudo.

Em malhação, houve uma época em que entrou um grupo de “góticos”,  que não tinha nada haver com a Subcultura Gótica.
A resposta é Sim. A mídia pode sim destruir a imagem de qualquer tribo urbana.

Se aparecer na mídia que os góticos são pessoas que ouvem rock n’ roll e metal, bebem sangue e dão uma de vampiro,tem muitos pactos com o Diabo, sempre usam preto, destroem cemitérios e se drogam, absolutamente todos que não tem conhecimento irão acreditar. Eles iriam pensar que todos são satanistas e que são cruéis, essa é a pura verdade.

O problema é que ninguém se enteressa pelo assunto, e isso gera a ignorância. As pessoas não se preocupam em querer saber mais, isso é um grande problema na sociedade.
Na minha opinião, mesmo que você não vá adotar a uma cultura, se você ver, é necessário calar ou pesquisar antes de sair "pintando imagens" sobre a mesma.

E os posers?
Posers, no significado atual são pessoas que dizem ser o que não são.
A existência de posers no universo é devido ao fato da falta de interesse, a falta de um olhar mais crítico. Os posers só querem ser como a mídia mostra que é a pessoa de uma determinada cultura.
Uma pessoa que saí dizendo a toda hora que é depressivo, que só usa preto e ouve metal super pesado e odeia o mundo em toda circunstância, e  é super roqueiro é um exemplo de poser. Muitas vezes um poser diz que é adepto a uma tribo, para chamar atenção ou mesmo se enturmar.
As vezes uma pessoa, encara certas tribos urbanas ou pessoas adeptas de uma subcultura, como uma pessoa que não tem o que fazer, exatamente pela falta de interesse, ou mesmo por visualizar e interrogar apenas uma pessoa que está caracterizada e não procurar saber mais através de outras pessoas. Daí, surge o preconceito que será definido na próxima postagem.

"Hipótese: As vezes, deveríamos passar algo que conhecemos a um poser, se vermos que ele realmente está interessado naquilo."

Alguns iniciantes de subculturas, em geral, são discriminados pela pressão dos pais, dos colegas e de membros que já tem muito tempo dentro da determinada cena, acabam sendo chamados de paga-paus, poser e coisas do tipo, mas como eu disse, quando a pessoa realmente tem interesse, qual o problema de ajudá-la a saber mais ao invés de discriminar? 
Muitos góticos passam por esse estágio antes de entrarem de cabeça na cena. Em geral começam conhecendo uma banda ou outra,  e as vezes veem algumas bandas não-góticas, como góticas. A mídia costuma rotular esse tipo de gótico como o padrão para o gótico. A mídia.

Aqui está o que a mídia deve fazer. Passar conhecimento para os telespectarores, entrevistando que fazem parte do movimento, ou mesmo, pessoas que entendem do movimento. 

Programa Perfil com Otavio Mesquita



Programa do Gugu. Entrevista com góticos

Não postarei fotos, pois, roupas não demonstram conhecimento.

3 comentários:

  1. O povo já fala de mais e quando passa coisas que não tem nada haver na TV elas falam mais ainda. Acho que cada um deveria procurar o seu lugar e parar de julgar sem conhecer, como você já disse. Seu blog ta ajudando muito com tudo bem explicado
    *--*

    ResponderExcluir
  2. é minha cara é isso que a mídia propaga sobre nós,que somos pessoas estranhas,ridículas aberrações,pessoas malevolas,depressivas,perigosas.Infelizmente isso é a ideia que a maioria das pessoas tem,pois são ignorantes,não conhecem e nem querem conhecer, apenas julgar. ignoram o conhecimento,ignoram o nosso estilo de vida,que nada tem de mal,os góticos não fazem mal a ninguem ,somos pacificos.
    enfim,boa sorte no seu blog
    e dá uma passada no meu blog.

    saudações

    ResponderExcluir
  3. temos que começar a explicar e explicar, mesmo assim as pessoas não entendem. Mais é ótimo ter alguém que se preocupa com isso pq uma hora ou outra alguém vê e aprende que não deve sair por ai falando tudo q vê na TV

    ResponderExcluir